Funcionários de vinícola francesa encontram Champagnes de 1830 em esconderijo

Descoberto em 2012, local tinha rótulos históricos da Bollinger entre várias garrafas vazias

Durante um grande projeto de restauração de suas caves, iniciado há quatro anos, funcionários da casa de Champagne Bollinger, em Aÿ, descobriram, acidentalmente, um esconderijo de garrafas de vinho de reserva atrás de uma parede de rótulos antigos. O local pequeno estava abandonado até então, pois acreditava-se que essas garrafas estavam vazias. Uma recente descoberta, porém, alterou o panorama: existiam, ali, unidades de Le Mesnil-sur-Oger 1886, Verzenay 1893 e Aÿ 1914.

Diante deste novo contexto, Jerôme Philipon, presidente da Bollinger, aproveitou para revelar seu projeto de criar um inventário detalhado dos vinhos da casa e a criação de duas caves, a primeira chamada La Réserve – para estocar os vinhos de reserva de cada vinhedo – e a segunda Galérie 1829, que vai conter 4 mil garrafas restauradas de vinhos que datam desde 1830, um ano após a fundação da empresa. Entre os vinhos encontrados e separados por safras e vinhedos há apenas 13 garrafas de 1830.

Original: http://revistaadega.uol.com.br/artigo/funcionarios-vinicola-francesa-encontram-champagnes-1830-esconderijo_10753.html#ixzz4LULVktV9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *