O vinho e sua acidez

Ácidos são compostos orgânicos que dão um sabor azedo à comidas e bebidas. Uma característica dos vinhos é sua acidez, visto que as uvas são repletas de ácidos tárticos, málicos e cítricos. Alguns ácidos podem ser produzidos durante o processo de vinitficação, sendo que a acidez é um fator fundamental para a capacidade da bebida envelhecer bem (quanto mais baixo o ph, mais tempo de envelhecimento), assim como harmonizar com os alimentos.

Apesar de todos os vinhos terem alta acidez, a quantidade varia de acordo com a cepa e a geografia. A acidez tende a diminuir conforme a fruta amadurece (ativado pelo sol e calor) e se torna mais doce. Como o açúcar é matéria-prima do álcool e o teor de açúcar aumenta conforme a acidez cai, os vinhos com mais álcool tendem a ser menos ácidos.

Conheça os níveis de acidez dos estilos de vinhos mais comuns:

Baixo: Merlot, Zinfandel, Petiti Syrah, Chardonnay da Califórnia, Viognier, Muscat e Vin Santo.

Médio: Chardonnay francês, Pinot Gris, Cabernet Sauvignon, Syrah, Bordeaux, Rioja, Vinho do Porto

Alto: Champagne, Prosecco, Cava, Sauvignon Blanc, Riesling, Barolo, Barbera, Borgonha, Pinot Noir, Chinin Blanc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *